Novas e actividades

Vídeo da apresentação do livro Sobre os Fados

 

Vídeo realizado por Arousa Tv na apresentação, a 8 de novembro de 2012, de Sobre os Fados (Ed. Lua de Marfim) do ex-aluno do Departamento Jesús Recio Blanco.

Vídeo da Sessão de Contos de Carlos Marques

Mais outro vídeo realizado pelos alunos Ana Lojo e Celso Callón, e promovido pelo Departamento de Português. Reflete alguns dos melhores momentos da sessão de contos que decorreu na nossa Escola a 26 de março de 2012.

Lançamento do livro SOBRE OS FADOS

 

Na próxima quinta-feira 8 de novembro, pelas 20.00 horas, terá lugar na biblioteca da EOI o lançamento do livro de poemas Sobre os Fados (Ed. Lua de Marfim). No ato estará presente o autor, Jesús Recio Blanco.

Jesús Recio, nascido, como Fernando Pessoa, na África do Sul, mora em Vila Garcia e em 2003 começou a estudar português a partir do zero no que mais tarde viria ser a EOI de Vila Garcia. Na altura, tinha o sonho de algum dia poder escrever em português. Em 2008 acabou os seus estudos neste centro. No ano de 2012 o sonho de Jesús concretizou-se com a publicação de Sobre os Fados .

PORQUE ESTUDAR PORTUGUÊS?

Vídeo Realizado pelos alunos de português Ana Lojo e Celso Callón, e promovido pelo Departamento de Português da EOI de Vilagarcía. Por razóes técnicas, muitas pessoas que foram entrevistadas não puderam aparecer no vídeo. Daqui o nosso agradecimento a uns e outros.

Viagem a Guimarães

Sessão de contos com Carlos Marques: MALA DE CONTOS

O departamento de portugués da Escola Oficial de Idiomas de Vilagarcía organiza unha sesión de contos co contador e actor portugués Carlos Marques. A actuación forma parte dunha xira que o artista realizará nos próximos días e que o levará a Vilagarcía, Valga, Rianxo e Santiago de Compostela, por iniciativa da EOI arousana. Carlos Marques fai gala nas súas actuacións dun grande coñecemento das historias da tradición oral do Alentejo, rexión de onde é orixinal, que consegue narrar de forma lúdica para todos os públicos.

Projeção do documentário: Em Companhia da Morte

 

Como cólofon ao ciclo de cinema documental lusófono DOCLUSOGARCIA, o Departamento de Portugués apresenta o documentário 'Em Companhia da Morte', naquilo que será a estreia absoluta deste filme.

O colectivo Filmes de Bonaval, responsável pela realização deste documentário, aborda nele o tema da morte na sociedade tradicional galega e portuguesa, recuperando testemunhos sobre crenças de tão fundo raigame (e ao mesmo tempo tão esquecidas) como o acompanhamento, nome com que mais tradicionalmente se costuma conhecer o fenómeno da 'Santa Companha'.

O Colectivo Filmes de Bonaval é formado pelos galegos Vanesa Vila Verde, Eduardo Sanches Maragoto e João Aveledo. Este último marcará presença na nossa escola para o lançamento do filme e estará diponível para a conversa com o público depois do visionado.

Projeção do documentário 'José e Pilar'

 

Fazendo parte do ciclo de Cinema Documental 'DOCLUSOGARCIA', projectaremos 'José e Pilar' um documentário de Miguel Gonçalves Mendes que foca a relação amorosa entre o prémio Nobel da Literatura José Saramago e a sua mulher Pilar del Rio. O documental conta com a gravação dalguns momentos da vida dos protagonistas, poucos meses antes da morte de escritor.

Lanzamento de 'Noente Paradise', libro de poemas de Ugia Pedreira

A polifacética artista Ugia Pedreira estará o próximo martes día 22 na Escola Oficial de Idiomas de Vilagarcía. Con motivo do lanzamento do seu primeiro libro de poemas, Noente Paradise, a voz de grupos como Marful, Nordestinas, ou de históricos proxectos como Ecléctica Ensemble ou Chouteira virá cantar e recitar no Salón de Actos da EOI, acompañada da rapsoda Marina Oural e do escritor Carlos Quiroga. O acto é organizado polo Equipo de Dinamización e Normalización Lingüística en colaboración co departamento de Portugués e dará comezo ás 20:00.

Proxección do documental 'É Dreda Ser Angolano'

No contexto do Ciclo de Cinema Documental Lusófono DOCLUSOGARCÍA, organizado polo Departamento de Portugués, proxéctase 'É Dreda Ser Angolano', do Colectivo Fazuma. Será no Salón de Actos ás 19:00 do día 21 de Novembro.

É Dreda Ser Angolano

Colectivo Fazuma

Portugal, 2005, 65’

Um dia passado na Luanda no pós guerra, viajando de Kandongueiro e sintonizados numa nova rádio: “Feita por gente, com gente e para toda a gente.” Com participações de Conjunto Ngonguenha, Mck, Shunoz, Sbem, Fridolim, Turbantu, Afro e Laranja, entre muitos. Tudo começou com o disco "Ngonguenhação" do  Conjunto Ngonguenha. Um CD recebido pelo correio vindo da Matarroa. Ao som do disco começa a ver-se Luanda a abanar as ancas com os ritmos, as gargalhadas, as histórias. Tocou duas vezes seguidas no leitor e hoje em dia já nem toca. Está gasto. Sente-se que era um dos melhores discos que já se tinha ouvido e que, mais do que boa música, era um documento que retratava Angola. E Angola precisa de ser retratada e mostrada ao mundo.

 

Distribuir contido