Novas e actividades

Conferência Habitação e Turismo em Tempos de Crise

Na próxima quarta 22 de novembro vamos conversar sobre as cidades. Mais exatamente sobre o que tem acontecido e (parece que) vai acontecer em algumas cidades por causa do turismo e das novas formas que este adotou.

Vai ser no auditório da EOI, às 18h30, e o convidado é Iago Lestegás (Lugo, 1987), arquiteto autor de uma tese de doutoramento sobre os efeitos do turismo no centro histórico de Lisboa. Esse caso vai centrar muito a nossa atenção, mas também vamos pôr o foco noutros cenários ainda mais próximos.

Encontro/conversa com Tiago Alves Costa

Todos nós pensamos em Portugal (quase) diariamente, mas o comum dos mortais costuma pensar em Portugal quando chega o mês em que agora estamos. Para nós, e para o comum dos mortais, na segunda-feira 24 de abril pelas 20h00 vamos trazer um bocado de Portugal, outro bocado de poesia, e ainda outro de improviso à nossa escola.

Será num encontro, que se quer tornar uma conversa, com o poeta Tiago Alves Costa, para falarmos sobre a obra (mais recente) dele, sobre a experiência dum português que mora connosco, e de tudo e mais alguma coisa. O ponto de encontro é o auditório da EOI.

DoccLusaGarcia 2017 Ciclo de Cinema Documentário

Começa a sexta edição do Ciclo de Cinema Documentário DoccLusaGarcia. É já no dia 30 de março, às 20h00 no auditório da EOI. A sessão de abertura vai ter como eixo central, pela primeira vez, não um tema mas as produções do canal independente brasileiro O Cubo.

O ciclo vai ter continuidade na terça 4 de abril, às 18h30, com uma sessão composta de dois filmes sobre os efeitos do turismo nos bairros tradicionais de Lisboa.

A sessão de encerramento decorrerá na quarta-feira 5 de abril, às 17h00, com outra sessão tripla dedicada ao Roteiro Oficinal do Porto, um projeto sobre as profissões tradicionais na atualidade.

Como em anos anteriores, todos os filmes têm licenças Creative Commons e o programa poderá ser acompanhado de casa através desta mesma ligação.

Filmes da primeira sessão:

Apresentação de A Fronteira Será Escrita

Está terminado o terceiro projeto dos Filmes de Bonaval, A Fronteira será Escrita. Agora quer mostrar-se ao mundo e na próxima quarta-feira, dia 22 de fevereiro, vamos apresentá-lo no auditório da Escola. Será pelas 18h00 e quem no-lo traz é um dos seus realizadores, João Aveledo.

Gravado em diferentes aldeias dos concelhos galegos de Entrimo e Lóvios, o filme reflete (sobre) a idendidade cultural e linguística nos territórios raianos, sobre se existe(m) a(s) fronteira(s) e que papel tem a escrita na sua configuração.

Grandes curiosos das questões relacionadas com a língua galego-portuguesa e as suas fronteiras, João Aveledo, Vanessa Vilaverde e Eduardo Maragoto, aliás Filmes de Bonaval, são também autores de Entre Línguas (2010) e Em Companhia da Morte (2011), que também foram apresentados na nossa escola.

Concerto Didático De Outra Margem

Seis anos após a última visita, o grupo galego-português De Outra Margem volta a dar um concerto na nossa escola. Será na quarta-feira dia 23 de novembro, pelas 20h00 no auditório da EOI.

Os músicos são quase todos galegos, e há ainda um basco, mas o sotaque é genuinamente português. Dão-no a voz de Abílio Santos, o cantor, e o repertório de canções, que combina músicas da tradição popular portuguesa e canções de abril, com lugar de destaque para as de José Afonso. Uma ótima ocasião para nos divertirmos, aprender e ficar a saber mais sobre músicas e instrumentos tradicionais portugueses. (Quem quiser cantar, também pode)

Sessão de contos com Zé Paredes

Na próxima segunda-feira, 2 de maio pelas 20h00 na Biblioteca da Escola, temos marcado um novo encontro com a narração oral. Nesta ocasião visita-nos o ator Zé Paredes, e traz consigo três contos do escritor Miguel Torga.

Zé Paredes nasceu em Guimarães. Quis ser músico, por isso teve que se deslocar a Lisboa para estudar. Não manifestou grande êxito nesta empresa, e decidiu-se então pelo teatro. Ingressa no Ballet-Teatro Contemporâneo do Porto para se formar como ator. Desta vez conseguiu, tendo trabalhado com companhias como o Teatro do Noroeste de Viana do Castelo ou o Teatro Oficina de Guimarães. Vive e trabalha na Galiza desde 2003.

DocLusaGarcia 2016 ciclo de cinema documentário

 

De quinta-feira 10 a quarta 16 o Departamento de Português organiza a quinta edição do ciclo de cinema documentário lusófono. Também este ano estamos condicionados pelas leis sobre direitos de autor, por isso escolhemos filmes produzidos com licença Creative Commons. Os temas deste ano serão o ambiente e a música, sendo que na última sessão vamos projetar uma seleção de curtas e médias-metragens de tema mais variado. Depois de cada sessão, incluiremos nesta mesma página os títulos e links para quem quiser acompanhar o ciclo a partir de casa.

Filmes da primeira sessão:

Longa Vida ao Rio, de Gustavo Serrate e Ingrid Silveira, Brasil-2013.

À Sobra de um Delírio Verde, de An Baccaert, Nico Muñoz e Cristiano Navarro, Argentina-Bélgica-Brasil-2011.

No Tempo do Verão, de Wewito Piyãko, Brasil-2012.

O nosso convidado na TV

 

Um mês depois de ter estado na nossa escola a falar sobre banda desenhada, Pedro Moura foi convidado pelo segundo canal da televisão pública portuguesa ao programa Sociedade Civil, numa edição dedicada à BD e à ilustração. Partilhou protagonismo com um dos grandes nomes da banda desenhada em Portugal, António Jorge Gonçalves. Uma boa oportunidade para aprender mais sobre este género.

O vídeo pode ver-se aqui.

Palestra sobre banda desenhada portuguesa

Na próxima segunda-feira 30 de novembro, pelas 20h00, vai decorrer na sala de atos da escola a conferência "Dois regimes de leitura da banda desenhada contemporânea portuguesa", com Pedro Moura.

O nosso convidado consagrou a sua vida plenamente à banda desenhada. Fundamentalmente como crítico, através do seu blogue lerbd.blogspot.com, mas também como programador na Bedeteca da Amadora (que organiza o mais importante festival português do género, o Amadora BD), como docente de matérias relacionadas com a banda desenahada e a sua história, como comissário de exposições, autor de séries sobre BD para a televisão e mesmo argumentista e tradutor.

Assim sendo, vai ser uma ótima oportunidade de ficarmos a saber muito mais sobre um género que cada vez interessa a mais pessoas. A não perder!

 

Vídeo da sessão de contos com Ana Lage

Eis o vídeo que realizámos durante a sessão de contos com Ana Lage. Apesar dos defeitos, recolhe íntegro o primeiro conto que contou na nossa escola.

Distribuir contido