Skip to Content

Lingua Portuguesa

Departamento | Portugués

Partilhamos convosco uma apresentação-resumo da estadia da professora antia numa escola do Porto em outubro deste ano ao abrigo do Progama PIALE

 

CRÓNICA DE UMA VIAGEM INTERNACIONAL CÁ DENTRO
por Jorge Domínguez e Antia CL



Nos passados dias 21 e 22 de abril de 2023, un grupo da EPAPU Eduardo Pondal da Corunha fizemos uma viagem de estudos às eurocidades Chaves-Verim e Vila Nova da Cerveira-Tominho, de caráter interdisciplinar e interdepartamental.

A ideia era fornecermos ao nosso heterogêneo alunado a possibilidade de realizarem uma saída mais além de uma simples visita extraescolar pontual, e dar-lhes assim a possiblidade de conhecerem outro país europeu; vizinho nosso, com profundas relações históricas, linguísticas e de relacionamento comercial e económico também na atualidade, que se materalizam numa das fronteiras mais permeável e movimentada de toda a União Europeia.
A viagem foi programada para desfrute de dois dias com durmida de uma noite na Pousada da Juventude de Vila Nova da Cerveira.

Começamos a saída didática numa das cidades com maior património histórico da nossa nação, Tui, antiga capital de província do extinto reino da Galiza. Depois de percorrermos a sua parte antiga, perdendo-nos entre o seu legado medieval cujas pedras rememmoram a relevância duma cidade que chegou a ser cabeça episcopal, terminamos na sé-catedral fortaleza.
O templo de estilo gótico, localiza-se no alto da cidade antiga, dominando de jeito majestoso a cidade. Ali comprovamos o caráter estratégico e defensivo do edifício e aprendimos a origem etimológica do topônimo Tui; Diómedes rei Aqueo bautizou este lugar assim, como lembrança do seu pai, Tydeo.

No interior observamos um templo com uma estrutura muito singular tanto pela sua amplitude como pela distribuição das suas naves, passeamos escutando com o audioguia algumas das suas histórias mais enigmáticas que guardam os robustos muros da catedral. Onde, numa das suas capelas impartia justiça Pedro Álvarez de Soutomaior, mais conhecido como “Pedro Madruga”, um dos nobres mais poderosos e sanguinários da Galiza baixomedieval. Por último conversamos e fotografamos algumas bonitas estampas no claustro da catedral, onde eram ouvidas, indistintamente, duas línguas estreitamente vinculadas tanto cultural como historicamente; galego e português.

Seguiu-se um almoço conjunto em Valença que culminou com uma visita a chover picaretas pela vila fortificada, o que não nos impediu de realizarmos algumas compras de atoalhados como manda a tradição.
Já à tarde, parecia que começava a escampar e a chuva ia dar uma trégua, mas como não era nada ao certo, a nossa guia da parte da tarde, Patricia, preferiu mostrar-nos e explicar-nos o museu do “Cabaqueiro” no Rosal (Tominho) em vez de irmos, como estava programado, encharcar-nos pela floresta afora na procura do jacemento arqueológico com petróglifos de “Tabagón”.
A visita alternativa resultou xpto! (um expetáculo!) e o alunado teve ocasião de conhecer uma gíria profissional em primeira mão. Em saindo do museu já todos estavámos desejosos de “plantarmos um salgueiro nalghún lugar”1!.

A acomodação na Pousada da Juventude2 de Vila Nova da Cerveira foi realizada com total normalidade e com a companhia e expetação de um curioso gatinho que insistia em vir ter connnosco aos quartos.

Faz da noite, noite; e do dia, dia e viverás com alegria!

 --------------------

1-A expressão “plantar un salgueiro”, na gíria dos cavaqueiros, significava irse sen pagar dalgún lugar.

2-As Pousadas da Juventude são uma rede de alojamentos turísticos estatais de caráter económico e público que segundo o mesmo projeto: «As Pousadas de Juventude são parte de uma aldeia global de alojamento pensada para proporcionar experiências autênticas baseadas na aprendizagem, solidariedade e sustentabilidade. Cada uma das nossas 42 Pousadas de Juventude é um local de encontro e troca de experiências entre pessoas de diversas regiões, nacionalidades, idades ou ideologias, as quais, em 2020, receberam o selo Pousada de Juventude Segura, atribuído pela Direção-Geral da Saúde.»


 

  5 de maio - Dia mundial da língua portuguesa

 

UNESCO - Dia mundial da língua portuguesa

 

  • Vídeos feitos en IES da Galiza para comemorar  o dia mundial da lingua portuguesa 2021

-Alunado de 1ºA do IES de Cacheiras fizeram um vídeo com a leitura do livro A Manta

-Alunado do IES do Barral fizeram um vídeo promovendo a língua portuguesa

Declaração de Ernesto Ottone Ramírez, Subdirector Geral para a Cultura da UNESCO

 

 


 

Dias 31 de março - 1 de abril

Viagem de estudos às eurocidades Valença-Tui e Cerveira-Tominho.

 

Inscrições até ao 20 de março!!

 


 

Concurso Perdidos e Achados, até 15 dezembro

Duas associações galegas lançam concurso de produção de vídeos caseiros visando recuperar palavras galegas em desuso coincidentes com o português. Como participarmos? Elaborando um vídeo de 1 minuto de duração no máximo.

O prémio consiste numa táblete para cada pessoa ganhadora, existindo até três categorias.

As bases completas podem ser consultadas cá.

Para saber mais? Clique aqui


 

 

        EXPOSIÇÃO SOBRE O 25 DE ABRIL        

O departamento de português preparou uma exposição sobre o 25 de abril. Haverá painéis sobre a arte urbana comemorativa e sobre as principais personagens da revolução de 1974

Podes ver os painéis como documento PDF clicando nas imagens

 

 

 

 

Arte urbana                 Personagens do 25 de abril  

 

 

 


 

Luís Cardoso ganhador do prémio Oceanos

 

O romance O plantador de abóboras, do escritor timorense Luís Cardoso, publicado em Portugal pela editora abysmo, foi o vencedor do prêmio em primeiro lugar. Esta é a primeira vez que um livro do continente asiático figura entre finalistas e vencedores.

O júri ressaltou a destreza e a desenvoltura narrativa do autor na construção da história atravessada pela violência que marcou o passado colonial do Timor-Leste. Nas palavras do escritor Itamar Vieira Junior, jurado do prêmio, “é um romance que nos lembra que a língua portuguesa permanece viva e ganhou densidade e profundidade em cada fração de terra onde é falada. É um romance que nos faz refletir também que a história de uma personagem nunca é solitária – é uma história que carrega consigo a história de sua comunidade, de seu povo e, neste caso, a história de um país: Timor-Leste”.

 

 

 

Paulina Chiziane vence Prémio Camões 2021

Escritora moçambicana, destacada durante décadas como uma das mais relevantes escritoras africanas em língua portuguesa recebe prémio pelo conjunto da sua obra. «O júri decidiu por unanimidade atribuir o Prémio à escritora moçambicana Paulina Chiziane, destacando a sua vasta produção e receção crítica, bem como o reconhecimento académico e institucional da sua obra. O júri referiu também a importância que dedica nos seus livros aos problemas da mulher moçambicana e africana. O júri sublinhou o seu trabalho recente de aproximação aos jovens, nomeadamente na construção de pontes entre a literatura e outras artes. Paulina Chiziane está traduzida em muitos países, e é hoje uma das vozes da ficção africana mais conhecidas internacionalmente, tendo já recebido vários prémios e condecorações.» Paulina Chiziane nasceu em Manjacaze, Moçambique, em 1955. Estudou Linguística em Maputo. Atualmente vive e trabalha na Zambézia. Publicou o seu primeiro romance, Balada de Amor ao Vento, depois da independência (1990), que é também o primeiro romance de uma mulher moçambicana.

 Saiba mais:

 


Há inúmeros vídeos na internet com entrevistas à autora, aqui alguns:

Algumas das suas obras

  •     Balada de Amor ao Vento:
  •     Ventos do Apocalipse:
  •     O Sétimo Juramento.
  •     Niketche: Uma História de Poligamia:
  •     As Andorinhas
  •     O Alegre Canto da Perdiz.
  •     Na mão de Deus
  •     Por Quem Vibram os Tambores do Além
  •     Ngoma Yethu: O curandeiro e o Novo Testamento

 


 

Por vez primeira o nosso centro oferece português como 1ª língua estrangeira também em Bacharelato

 

 

 

A asociación DPG realizou un vídeo promocional incentivando a matrícula en materias de lingua portuguesa.

Vídeo amor à primeira vista

 

Cartaz promocional

 

O IES de Melide publico vídeos de alunas animando a estudar portugués. Están recopilados aqui


 

 

 

Membros do Departamento

Xefa do Departamento: Antia Cortizas Leira

Outros membros: Luís António Fontenla Figueiroa



   

Materias e Ámbitos asignados a este departamento:

 SEMIPRESENCIAIS

Materias / Ámbitos Curso Grupos Profesora
Lingua portuguesa  1º idioma 1 e 2º Bacharelato Mañá e Tarde Luís Fontenla Figueiroa
Lingua portuguesa  2º idioma 1º e 2 Bacharelato Mañá e Tarde Luís Fontenla Figueiroa
Lingua portuguesa  ESA Semipresencial Mañá e Tarde

Antia Cortizas Leira

PRESENCIAL

Materias / Ámbitos Curso Grupos Profesora

Lingua portuguesa 

Lingua portuguesa

 

 

Língua portuguesa

 

ESA presencial 3º/4º

ESA presencial 1º/2º

 

 

ESA presencial 3º/4º

 

 

 Mañá

 

 

Tarde

 

Luís Fontenla Figueiroa

 

Antia Cortizas Leira

 

 

Antia Cortizas Leira

 

 

Distribuir contido


by Dr. Radut