Actividades

O Mandarim, de Eça de Queirós

Representação teatral e sessão do clube de leitura.

A Companhia de Teatro de Almada representa o Mandarim, de Eça de Queirós, nesta quinta-feira dia 9 (20h30) no Salón Teatro, graças à parceria dessa entidade com o Centro Dramático Galego. Encorajamos muito a vossa presença lá. Já na próxima semana, na terça e na quarta (dias 14 e 15), teremos as sessões de debate sobre o livro. Podem requisitar exemplares para leitura na biblioteca.

“Um Picasso”, pela Companhia de Teatro de Braga

Rui MadeiraNa terça-feira recebemos na EOI a visita de Rui Madeira (diretor artístico da CTBraga) e na quarta vamos ao teatro para ver “Um Picasso”.

A parceria entre o Centro Dramático Galego e o departamento de português da EOI dá mais um passo com “Um Picasso”, encenada pela Companhia de Teatro de Braga. Como em ocasiões anteriores, haverá bónus de desconto para os estudantes de português. Na véspera poderão conversar diretamente com Rui Madeira, diretor artístico da companhia. 

Á conversa com a encenadora Ana Luena

2015 significa Teatro em português, e é para já. Vamos ao teatro na quinta-feira e conversamos com a encenadora na sexta.

O Amor dos Infelizes, encenada pelo Teatro Bruto, é uma adaptação do livro O Filho de Mil Homens de Valter Hugo-Mãe, um dos escritores de mais sucesso hoje em dia em Portugal. Com esta peça, o departamento de português retoma a sua parceria com o Centro Dramático Galego, que se traduz em bónus de preço reduzido para os estudantes do departamento. A sobremesa também é para não perder: na sexta-feira conversaremos com a encenadora Ana Luena na EOI.

Torga: três mulheres na fronteira

Três contos de Miguel Torga na voz de Zé Paredes.

Zé Paredes (Guimarães, 1972) é ator, diretor e dramaturgo formado em Portugal. Fundador em 2008 da companhia  galega Teatro Nu e ganhador em 2013, junto com Xosé Manuel Pacho, do prémio de teatro Rafael Dieste com um texto intitulado Teatro ou xeitos de cargar unha arma.

Primeira sessão do clube de leitura de português

O nosso clubinho de leitura está a sair da casca: a primeira sessão de debate será nos dias 11 e 12 de novembro.

PRIMEIRO LIVRO, AFIRMA PEREIRA

Começaremos com Afirma Pereira de António Tabucchi.

Teremos cinco exemplares disponíveis para requisição na biblioteca, a seguir a esta sexta-feira à tarde. Haverá também um exemplar de cada umas das seguintes obras do autor, para o caso de que queiram aprofundar mais: Dona de Porto Pim (apaixonante livro sobre os Açores) e Viagens e outras viagens.

Por acaso, também há exemplares do livro em italiano, na biblioteca, para o caso de que alguém tenha a curiosidade de o ler nessa língua. Do livro também foi feito um conhecido filme que teve bastante sucesso.

Neste ano faremos sessões de manhã e de tarde, para nos adequarmos melhor aos horários letivos.

Teatro na EOI: Duo sobre Desvios

POR MOTIVOS ALLEOS Á ESCOLA, ESTA ACTIVIDADE ESTÁ CANCELADA. PEDIMOS DESCULPAS POLAS MOLESTIAS QUE ISTO POIDA OCASIONAR.

Cancelado!

Com Cadu Cinelli e Fabricio Moser.

A peça tem como ponto de partida a ideia de desvio como ato de abandono, levantando a questão “Como celebrar o abandono?”

A música portuguesa com Uxía e António Zambujo

Zumbujo e UxíaEspectacular actuación de António Zambujo e Uxía o pasado xoves 23 de outubro na EOI. Un auténtico luxo telos connosco!

 

A música portuguesa com Uxía e António Zambujo

Zumbujo e UxíaEspectacular actuación de António Zambujo e Uxía o pasado xoves 23 de outubro na EOI. Un auténtico luxo telos connosco!

 

A música portuguesa com Uxía e António Zambujo

uxia_zambujoUma conversa ao sabor da música e do café

António Zambujo é um dos artistas mais conhecidos da cena musical portuguesa contemporânea. A sua música bebe do fado, do jazz, e do cante do seu Alentejo natal. Recentemente deu um concerto no Auditório da Galiza, apresentando o álbum Quinto.

Data e lugar: dia 23, sala de atos, 20h15

Terra, trabalho, justiça: Conversa com Rosa Oliveira

Conversa com Rosa Oliveira (do Movimento Sem Terra), convidada pelo Comité Galego de Apoio ao Movimento sem Terra e o Departamento de Português, recebemos a visita nas nossas aulas de uma pessoa que nos vai contar como são e que pretendem os movimentos sociais brasileiros, nome

Distribuir contido